sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Preparo-me outra vez para um importante forte abraço.

Preparo-me outra vez para um importante forte abraço.

Engulo o nó que aperta a garganta e inunda os olhos.
Preparo momentos em sonhos e guardo-os numa caixinha.
Uma fita lilás envolve as lembranças, dou-lhe um laço bonito,
preservo-as junto à ausência.

Começo a congelar-me.
o mínimo de sentidos possível.

Inicia a espera,
e a saudade
de quem está - de partida ...

2 comentários:

.m. vinicius .s. disse...

um forte abraço por esses versos.

Mr. Ziggy disse...

Lindo, Marina! Ando vivendo isso. Lembrancas, caixinhas, fitas... Faz parte.

"um forte abraço por esses versos."[2]